quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Fake ("falso" em inglês)


Fake ("falso" em inglês) é um termo usado para denominar contas ou perfis usados na Internet para ocultar a identidade real de um usuário. Fake é um termo usado em relação também aos jogos, por exemplo, quando são falsos e nada está contido lá dentro. Para isso, são usadas identidades de famosos, personagens de filmesdesenhos animadosanimes e até mesmo de pessoas conhecidas do dono da conta. Como não se sabe a identidade real do usuário, é comum chamar o seu perfil de fake.
De maneira geral, os fakes são comumente encontrados em sites de relacionamento (como o Orkut), mas também existem em serviços de mensagem instantânea (como o MSN Messenger) e fóruns. Uma das finalidades de um fake é dar opiniões sem se identificar, evitando constrangimentos ou ameaças pessoais ao opinante, mas sua maior finalidade é uma segunda vida, como um RPG.
A maioria dos criadores de fakes o fazem só por diversão, para conhecer novas pessoas sem se expor, para homenagear seu ídolos etc. No Orkut, os criadores de perfis fakes na maioria têm entre 10 e 20 anos de idade. Existem determinadas pessoas, principalmente meninas, que se tornaram doadoras de fotos para criação de fakes, muitas vezes sem autorização, e seus imitadores por vezes chegam à obsessão de serem reconhecidos como as pessoas que clonaram.
fake, dessa forma, tem se tornado atualmente um novo problema social. Pessoas começam a apresentar distúrbios mentais e psicológicos, levando-os a trocar a vida real pela vida de seus perfis fakes. O mal uso do fake tem causado dependência nos usuários, declinando suas vidas nos aspectos social, colegial e intelectual. Para os viciados, recomenda-se acompanhamento psicológico intenso. No fake, eles adotam uma nova maneira de viver, lá eles podem ser quem quiserem e até mesmo cometerem crimes cibernéticos.
Nos primórdios da Internet, o normal para entrar em bate-papos ou para se identificar na rede era usar um nickname(apelido) e um avatar (imagem figurativa), então há controvérsias a respeito, pois no início da Web praticamente todos os usuários, por questões de privacidade e segurança, eram fakes. Somente recentemente, com o advento das redes sociais, onde o padrão é outro, é que não se identificar ou usar um perfil fake se tornou algo quase execrável.
Outra forma de "fakes" é o humorístico, como o do The Onion, que é hoje reconhecido como um dos maiores sites de humor dos Estados Unidos, cuja principal característica é a criação de notícias falsas (fakes).

Nenhum comentário:

SEJAM BEM VINDOS!

"A todos que passarem por essa página, desejo que Deus os abençoem e que traga a todos um raio de esperança e fé.