segunda-feira, 30 de abril de 2012

CASAMENTO, UM PROJETO DE DEUS.



77 DECISÕES IMPORTANTES PARA O SEU CASAMENTO, À LUZ DA BÍBLIA


1. Aceite o seu cônjuge como ele é.
"Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal;" (I Cor. 13:5)

2. O casamento tem três pilares de sustentação: fé, comunicação e sexo.
"Por isso deixará o homem seu pai e sua mãe, e se unirá a sua mulher; e serão dois numa só carne." (Efésios 5:31)

3. Evite afirmativas que aumentem o conflito, como por exemplo "você sempre...", "todas as vezes...".
"Há alguns que falam como que espada penetrante, mas a língua dos sábios é saúde." (Prov. 12:18)

4. Para manter o cálice do amor transbordando em seu casamento, admita logo o erro quando estiver errado e cale-se quando estiver certo.
"Semelhante, vós mulheres, sede sujeitas aos vossos próprios maridos; para que também, se alguns não obedecem à palavra, pelo porte de suas mulheres sejam ganhos sem palavras;" (I Pedro 3:1)

5. Feche a porta do divórcio.
"Porque o Senhor, o Deus de Israel diz que aborrece o repúdio e aquele que encobre a violência com a sua roupa, diz o Senhor dos Exércitos; portanto, guardai-vos em vosso espírito, e não sejais desleais." (Malaquias 2:16)

6. O casamento é uma instituição sagrada para o Senhor.
"Assim não são dois, mas uma só carne. Portanto, o que Deus ajuntou não o separe o homem". (Mat.19: 6)

7. Siga o padrão de Deus para o seu lar.
"Vós, mulheres, sujeitai-vos a vossos maridos, como ao Senhor; porque o marido é o cabeça da mulher, como também Cristo é o cabeça da igreja, sendo este mesmo o salvador do corpo. Assim também vós, cada um em particular, ame a sua própria mulher como a si mesmo, e a mulher reverencie o marido." (Efésios 5:22,23,33)

8. Toda esposa necessita de gentileza no falar, no gesticular, no agir. Toda mulher necessita de um amigo.
"Assim devem os maridos amar as suas próprias mulheres, como a seus próprios corpos. Quem ama a sua mulher, ama-se a si mesmo." (Efésios 5:28)

9. A pessoa amada tem necessidades diversificadas. Entre elas: ouvir palavras que declarem seu valor e sua importância (palavras de afirmação), e/ou receber inteira atenção, sem dividi-la (qualidade de tempo).
"Não atente cada um para o que é propriamente seu, mas cada qual também para o que é dos outros. De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que também ouve em Cristo Jesus," (Filipenses 2:4,5)

10. A pessoa amada tem necessidades diversificadas. Entre elas: receber expressões de serviços como doação do outro que a fará sentir-se importante e/ou receber presentes.
"Igualmente vós maridos, coabitai com elas com entendimento, dando honra à mulher, como vaso mais fraco; como sendo vós os seus co-herdeiros da graça da vida; para que não sejam impedidas as vossas orações." (I Pedro 3:7)

11. Existem pessoas que necessitam sentir-se lembradas, valorizadas. Para estas, receber presentes é uma expressão forte de amor.
"Seja bendito o teu manancial, e alegra-te com a mulher da tua mocidade." (Provérbios 5:18)

12. Aprender a ouvir o cônjuge é muito parecido com o aprendizado de uma língua estrangeira. Persevere, vale à pena!
"Mas todo homem seja pronto para ouvir, tardio para falar, tardio para se irar." (Tiago 1:19,20)

13. É sempre inteligente declarar sua apreciação pelas coisas boas que seu cônjuge faz, e com sinceridade.
"O amor não seja fingido. Aborrecei o mal e apegai-vos ao bem." (Romanos 12:9)

14. Fazer alguém feliz pode significar, às vezes, abrir mão do bem estar pessoal momentâneo, como por exemplo, comodismo, preguiça, egoísmo.
"Andai em amor, como também Cristo vos amou e se entregou a si mesmo por nós em oferta e sacrifício a Deus, em cheiro suave." (Efésios 5:2)

15. O que você diz pode salvar ou destruir uma vida. Portanto, use bem as suas palavras e você será recompensado. 
"Sejam agradáveis as palavras da minha boca e a meditação do meu coração perante a tua face, Senhor, Rocha minha e Redentor meu!" (Salmos 19:14) 

16. Nos relacionamentos, a comunicação não deve ser soberba. 
"Da soberba só provém a contenda, mas com os que se aconselham se acha a sabedoria." (Provérbios 13:10) 

17. Ataque o problema, e não ao outro. 
"Tem visto um homem precipitado no falar? Maior esperança há para um tolo do que para ele." (Provérbios 29:20) 

18. Os problemas não podem ser acumulados para depois descarregar sobre o outro. Enfrente e resolva-os com maturidade. 
"Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida. Desvia de ti a falsidade da boca, e afasta de ti a perversidade dos lábios." (Provérbios 4:23,24) 

19. Expresse os sentimentos sem agredir o outro. 
"Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que for boa para promover a edificação, para que dê graças aos que a ouve." (Efésios 4:29) 

20. Busque o melhor momento para se comunicar. 
"O que responde antes de ouvir comete estultícia que é para vergonha sua." (Prov. 18:13) 

21. Aprenda a perdoar (esquecendo) para não criar raiz de amargura. Lembre-se de esquecer! 
"Todos os dias dos aflitos são maus, mas o de coração alegre tem um banquete contínuo." (Prov. 15:15) 

22. Um não deve atirar sentimentos no outro. Busque trazer soluções quando apresentar os problemas (apontar erros). 
"O homem se alegra na resposta da sua boca, e a palavra, a seu tempo, quão boa é!" (Prov. 15:22) 

23. Cuidado quando for utilizar o humor para não aumentar a tensão. Utilize o humor só quando tiver convicção que vai aliviar a tensão. 
"O coração do justo medita o que há de responder, mas a boca dos ímpios derrama em abundância as coisas más." (Prov. 15:28) 

24. Se quiser manter o cálice do amor transbordando em seu casamento, não utilize o sarcasmo um para com o outro. 
"A língua dos sábios adorna a sabedoria, mas a boca dos tolos derramam a estultícia." (Prov. 15:2) 

25. No casamento, a comunicação deve ser adequada. O amor faz solicitações e não imposições. 
"A morte e a vida estão no poder da língua; e aquele que a ama comerá do seu fruto." (Prov. 18:21) 

26. Quando você e seu cônjuge experimentar das adversidades da vida, não comunique a Deus o tamanho delas, mas diga para as adversidades o tamanho do seu Deus. 
"Não andeis ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplica, com ações de graças, sejam as vossas petições conhecidas diante de Deus." (Filipenses 4:6) 

27. Escolha o momento certo e o local adequado para falar ao outro o que mais desagrada a você. 
"A palavra branda desvia o furor, mas a palavra dura suscita a ira. A sabedoria do homem lhe dá paciência; a sua glória está em esquecer ofensas." (Provérbios 15:1; 19:11) 

28. Concentre-se em resolver as incompatibilidades que geram tensões conjugais. 
"Porventura andarão dois juntos, se não estiverem de acordo? ... tudo o que é verdadeiro, honesto, justo, puro, amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude e se há algum louvor, nisto pensai." 
(Amós 3:3 / Filip. 4:8) 

29. Uma pessoa não pode se deixar vencer pelo desespero, mas o vença pelo conhecimento da palavra de Deus. 
"O coração sábio buscará o conhecimento, mas a boca dos tolos se apascentará de estultícia." (Prov. 15:14) 

30. Comunicação é um processo lento de maturidade de compreender e de se fazer compreendido. 
"Os lábios dos sábios derramarão o conhecimento, mas o coração dos tolos não faz assim." (Prov. 15:7) 

31. As mulheres têm necessidades de conversar com seu companheiro e tê-lo como um grande amigo. 
"Aquele que encontra uma esposa, acha o bem, e alcança a benevolência do Senhor." (Prov. 18:22) 

32. O casal deve andar juntos, não só literalmente. O diálogo é fundamental para que haja compreensão. 
"O amor não folga com a injustiça, mas folga com a verdade; tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O amor nunca falha;..." (I Coríntios 13: 6-8) 

33. A cooperação também é importante para um casal que deseja andar, literalmente, juntos. 
"E lhes darei um mesmo coração, e um só caminho, para que me temam todos os dias, para seu bem, e o bem de seus filhos, depois deles." (Jeremias 32:39) 

34. Trate o seu arranhão hoje, para mais tarde não se tornar algo mais sério. Não deixe para tratar o pecado amanhã. 
"Irai-vos e não pequeis; não se ponha o sol sobre a vossa ira. Não deis lugar ao diabo." (Ef. 4:26,27) 

35. Decida amar seu cônjuge na linguagem que ele consegue compreender: seja palavras de afirmação, qualidade de tempo, formas de servir, toque físico, ou mesmo presentes. 
"O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece." (I Coríntios 13:4) 

36. Marido e esposa, a comunicação é a chave do casamento. Portanto, compartilhe ao outro a sua própria linguagem do amor. 
"Como cerva amorosa, e gazela graciosa; saciem-te os seus seios em todo o tempo; e pelo seu amor sê atraído perpetuamente." (Provérbios 5:19) 

37. O objetivo do amor não é obter o que se deseja, mas fazer algo pelo bem-estar daquele a quem se ama. 
"Portanto, cada um de nós, agrade ao seu próximo no que é bom para edificação." (Romanos 15:1) 

38. A fidelidade entre marido e esposa é fruto da relação de ambos com Deus. 
"O que adultera é falto de entendimento; destrói a sua alma o que tal faz. Achará castigo e vilipêndio, e o seu opróbrio nunca se apagará." (Provérbios 6:32,33) 

39. "Achar tempo" é questão de prioridade. Se a linguagem do seu cônjuge é qualidade de tempo, comece a planejar, abra mão de algumas atividades particulares em prol do outro. Vai valer a pena, acredite! 
"O amor não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal;" (I Coríntios 13:5) 

40. Há várias formas de presentear. O mais importante é a mensagem nas entrelinhas que o presente trás. Use e abuse de sua criatividade. 
"Quem guardar o mandamento não experimentará nenhum mal; e o coração do sábio discernirá o tempo e modo." (Eclesiastes 8:5) 

41. Presente X Dinheiro. Investir no amor do seu cônjuge é semelhante a aquisição das ações mais caras da bolsa de valores. 
"As muitas águas não poderiam apagar esse amor nem os rios afogá-los; ainda que alguém desse toda a fazenda de sua casa por este amor, certamente a desprezariam." (Cantares 8:7) 

42. Para Adão, Deus não criou os amigos, mas uma esposa. A instituição sagrada chamada "Família" nasceu do coração de Deus, e Ele não comete erros. 
"Tendo cuidado de que ninguém se prive da graça de Deus, e de que nenhuma raiz de amargura, brotando, vos perturbe, e por ela muitos se contaminem." (Hebreus 12:15) 

43. Todas as tentações que um casal pode sofrer, também podem enfrentar e vencer. 
"Meus irmãos, tende grande gozo quando cairdes em várias tentações; bem-aventurado todo aquele que suporta a tentação; porque, quando for provado, receberá a coroa da vida, a qual o Senhor tem prometido aos que o amam." (Provérbios 1:2,12) 

44. Por trás de um marido passivo há quase sempre uma esposa selvagem e/ou rixosa. 
"É melhor morar numa terra deserta do que com a mulher rixosa e irritadiça." (Provérbios 21:19) 

45. Toda tribulação na vida de um casal cristão é passageira. 
"Tenho-vos dito isso, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo; eu venci o mundo. 
...e esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé." (João 16:33/ I João 5:4) 

46. Os problemas internos ou externos podem turbar o espírito do casal, mas jamais destruí-los, quando Jesus Cristo é o alicerce da relação. 
"Alegrai-vos na esperança, sede pacientes na tribulação, perseverai na oração." (Romanos 12:12) 

47. Um lar tem início com um compromisso de amor e fidelidade, e Deus como o seu arquiteto. 
"Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam; se o Senhor não guardar a cidade, em vão vigia a sentinela." (Salmos 127:1) 

48. A jóia mais preciosa que um homem pode dar a sua esposa é amá-la incondicionalmente, sendo este também o presente mais almejado pelos filhos. 
"Vós, maridos, amai as vossas mulheres como Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela," (Efésios 5:25) 

49. É possível o casal discordar sem brigar. Procure não exagerar nem se envolver em rixas. 
"Toda a amargura, e ira, e cólera e gritaria, e blasfêmia e toda malícia sejam tiradas dentre vós, antes sede uns para com os outros benignos, misericordiosos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou em Cristo." (Efésios 4:31) 

50. Procure se colocar na posição do seu cônjuge para entender melhor algumas de suas opiniões. Evite aborrecer um ao outro. 
"...não amemos de palavras, nem de língua, mas por toda obra e em verdade." (I João 3:18) 

51. Procure ser um bom ouvinte, mas não use do silêncio para representar ao cônjuge uma resposta negativa ou frustá-lo ao hesitar responder. 
"Com toda a humildade e mansidão, com paciência, suportando-vos (grego = sustentando) uns aos outros em amor, procurando guardar a unidade do Espírito pelo vínculo da paz." (Efésios 4:2,3) 

52. É importante para o casal sempre escolher o melhor momento e hora para dialogar, definir as áreas de concordância e de discordância, e fazer uma alta análise de si mesmos. 
"O homem se alegra em responder bem, e quão boa é a palavra dita a seu tempo!" (Provérbios 15:23) 

53. É importante para o casal identificar sua parcela de culpa nos conflitos, quando necessário mudar de atitudes ou comportamento, contribuindo assim, para a resolução dos mesmos. Orar juntos, pedindo a orientação e graça de Deus, nestes momentos é fundamental. 
"O amor não faz mal ao próximo. De sorte que o cumprimento da lei é o amor." (Rom. 13:10) 

54. Esposa, procure ser sempre bondosa para com as virtudes do seu cônjuge e um pouco cega para as faltas do mesmo. 
"Que, quanto ao trato passado, vos despojeis do velho homem, que se corrompe pelos desejos da carne e engano; e vos revistais do novo homem, que segundo Deus é criado em verdadeira justiça e santidade." (Ef. 4:22,24) 

55. Palavras agradáveis, porém sinceras, solidificam a relação e produzem um eco verdadeiramente eterno. 
"Favos de mel são as palavras agradáveis, doçura para a alma e saúde para os ossos." (Prov.16:24) 

56. Alguns casais afim de se firmarem na vida, se esquecem de viver e de crescer espiritualmente. 
"Porque a inclinação da carne é morte; mas a inclinação do Espírito é vida e paz. Pois que aproveita ao homem chamar o mundo inteiro e perder a sua alma?..." (Romanos 8:6/ Mateus16:26) 

57. Um falar sem o alimento espiritual é um lar onde há o pão de cada dia para se alimentar o corpo, porém a alma nunca é suprida. 
"Está escrito: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus." (Mateus 4:4) 

58. Para perdoar seu cônjuge é necessário dar amor quando não existe motivo para dar. Para que ambos sejam felizes é indispensável que se tornem bons perdoadores. 
"Antes sede uns para com os outros benignos, compassivos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou em Cristo." (Efésios 4:32) 

59. O amor faz o giro do mundo valer a pena. Ele é o produto do hábito e deve motivar o cônjuge levar sempre a sério o outro, ao invés de si mesmo em demasia. 
"Completai a minha alegria, para que sintais o mesmo, tendo o mesmo amor, o mesmo ânimo, sentindo uma mesma coisa. Nada façais por contenda ou por vanglória, mas por humildade; cada um considere os outros superiores a si mesmo." (Filipenses 2:2,3) 

60. O bom senso somado ao amor apagam a linha divisória entre o seu e o meu. 
"Desposar-te-ei comigo para sempre; eu te desposarei comigo em justiça, em juízo, em benignidade e em misericórdia." (Oséias 2:19) 

61. Deus nos criou sexuais não somente para a procriação, mas também para o prazer sexual do casal. 
"O que acha uma esposa, acha uma coisa boa, e recebe o favor do Senhor. Goza a vida com a mulher que amas todos os dias da tua vaidade..." (Provérbios 18:22; Eclesiastes 9:9a) 

62. Tanto o marido como a esposa têm direitos e deveres. Diante de Deus, cada um é responsável em colocar como prioridade, as necessidades sexuais e emocionais do outro. 
"Como vós quereis que os homens façam, da mesma maneira fazei-lhes vós também." (Lucas 6:31) 

63. Limite não há para o prazer sexual, desde que o casal esteja dentro da vontade e princípios de Deus. E não há espaço para razões egoístas. 
"Eis que os caminhos do homem estão perante os olhos do Senhor, e ele pesa todas as suas veredas." (Provérbios 5:21) 

64. Quando um casal sela um compromisso com Deus e a Sua palavra, não há limites para a satisfação sexual que podem experimentar. 
"...Tornando-se uma só carne; o amor jamais acaba..." (Gênesis 2:24b/ I Coríntios 13:8a) 

65. Criatividade, assim como a tomada de atitude dos cônjuges em relação à própria sexualidade, também se constitui no alicerce para o êxtase do prazer sexual. 
"Desejo muito a sua sombra, e debaixo dela me assento; e o seu fruto é doce ao meu paladar. Levou-me à casa do banquete, e o seu estandarte sobre mim era o amor." (Cantares 2:3,4) 

66. O prazer sexual deve basear-se tanto na aceitação da satisfação sexual do outro, como, principalmente, na aprovação de Deus. 
"...Sabendo que nenhum sodomita herdará o reino de Deus; venerado seja entre todos o matrimônio e o leito sem mácula..." (I Coríntios 6:9/ Hebreus 13:4a) 

67. O stress de ordem financeira, na família, por vezes, é fruto da falta de discernimento em distinguir entre necessidades e desejos. 
"Não digo isto como por necessidade, porque já aprendi a contentar-me com o que tenho...Vigiai e orai para que não entreis em tentação..." (Filipenses 4:11/ Marcos 14:38a) 

68. O descontrole financeiro tem sido um forte adversário do amor entre marido e mulher. O casamento requer compromisso, da mesma forma, tudo que é bom. 
"Ora, a perseverança deve terminar a sua obra, para que sejais maduros e completos, não tendo falta de coisa alguma." (Tiago 1:4) 

69. Um casal que se ama deve estar sempre pronto a ser flexível e ajustar-se a qualquer mudança radical, objetivando o ajuste financeiro. 
"...Em toda a maneira, e em todas as coisas estou instruído, tanto a ter fartura, como a Ter fome; tanto a Ter em abundância, como a padecer necessidades. Posso todas as coisas naquele que me fortalece." (Filip. 4:12,13) 

70. Um casal deve aprender a fazer investimentos sábios para o Reino de Deus, com boa vontade e não por obrigação. 
"Mas ajunteis tesouros no céu, onde a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam, nem roubam...Servo bom e fiel sobre o pouco foste fiel, sobre o muito te colocarei, entra no gozo do teu Senhor..." (Mateus 6:19,20; 25:14-30) 

71. Um casal sábio e temente jamais coloca "Deus na parede", financeiramente falando. Contudo, reconhece que Ele é capaz de suprir a falta de dinheiro quando ocorrer. 
"O meu Deus, segundo as suas riquezas, suprirá todas as vossas necessidades em glória, por Cristo Jesus." (Filipenses 4:19) 

72. O relacionamento sexual também é uma mistura de comunicação, unidade, prazer e entrega entre os cônjuges. 
"O marido conceda à mulher a devida benevolência, e da mesma sorte a mulher ao marido. Completai o meu gozo, para que tenhais o mesmo modo de pensar, tendo o mesmo amor, o mesmo ânimo, pensando a mesma coisa." (I Coríntios 7:3/ Filipenses 2:2) 

73. No casamento não deve existir espaços para razões egoístas, pois quem ama não priva o outro do prazer sexual sem que haja concordância mútua. 
"Não vos priveis um ao outro, salvo talvez por mútuo consentimento, por algum tempo, para vos dedicardes à oração e novamente vos ajuntardes para que Satanás não vos tente por causa da incontinência." (I Coríntios 7:5) 

74. Toda esposa deseja se sentir amada e desejada. Toda esposa sábia é capaz de comunicar seus sentimentos. 
"Mulher virtuosa, quem a achará? O seu valor muito excede o de rubis. Abre a boca com sabedoria, e a instrução fiel está na sua língua." (Provérbios 31:10, 26) 

75. O tom de voz errado tem sido o grande vilão para os atritos da vida conjugal. 
"E, sobre tudo isto, revesti-vos de amor, que é o vínculo da perfeição." (Colossenses 3:14) 

76. Compartilhar as tarefas domésticas também é uma prova de amor. 
"E esta é a minha oração: que o vosso amor aumente mais e mais em pleno conhecimento e toda percepção." (Filipenses 1:9) 

77. O melhor de um casamento de muitos anos é apaixonar-se muitas vezes, sempre pela mesma pessoa. 
"Agora permanecem estas três: a fé, a esperança e o amor, mas o maior destes é o amor. Portanto, cuidai-vos de vós mesmos, e ninguém seja desleal para com a mulher da tua mocidade." 
(I Cor 13:13/ Malaquias 2:15) 


Nota: Este material foi elaborado baseado em palestras para casais promovidas por Jaime Kemp, assim como pelo Pr. Abraão da Silva.

Pesquisada: Klênea Souza do Amaral Costa 
Revista e Corrigida: Azenete Barbosa Luna 
Digitada e Diagramada: Annelise da C. L. F. Silva 

Santidade







Santidade é o principal atributo de Deus e uma qualidade a ser desenvolvida em seus seguidores. "Santidade" e o adjetivo "santo" aparecem muitas vezes na Bíblia. 
No Velho Testamento, a primeira palavra para santidade significa cortar ou separar. Fundamentalmente, santidade é um corte ou separação de algo impuro e consagração ao que é puro. 

SANTIDADE NO VELHO TESTAMENTO 

No Velho Testamento, santidade, quando aplicada a Deus, se refere ao seu domínio sobre a Criação e à perfeição moral de Seu caráter. Deus é santo na medida em que Ele é completamente distinto da sua criação e exerce soberana majestade e poder sobre ela. Sua santidade é um tema de vulto nos Salmos (Salmo 47:8) e nos Profetas (Ezequiel 39:7), onde "santidade" emerge como sinônimo para o Deus de Israel. As Escrituras dão a Deus os títulos "Santo" (Isaías 57:15), "o que é Santo" (Jó 6:10; Isaías 43:15) e "Santo de Israel" (Salmo 89:18; Isaías 60:14). 
No Velho Testamento, santidade de Deus significa que o Senhor é separado de tudo que é mal e corrompido (Jó 34:10). Seu caráter santo é o padrão de absoluta perfeição moral (Isaías 5:16). 
A santidade de Deus - sua majestade transcendente e pureza de caráter - é habilmente apresentada no Salmo 99. Os versos 1-3 retratam a distância de Deus das coisas terrenas, e 4-5 enfatizam sua separação do pecado e do mal. Também no Velho Testamento Deus ordenou santidade nas vidas das pessoas. Através de Moisés, Deus disse a Israel, "Santos sereis, porque eu, o Senhor vosso Deus, sou santo." (Levítico 19:2). 
A santidade descrita no Velho Testamento tem dois sentidos: 

1. Exterior ou cerimonial 
2. Interior ou moral e espiritual 

A santidade cerimonial do Velho Testamento descrita no Pentateuco (os cinco primeiros livros do Velho Testamento) incluía rituais de dedicação ao serviço de Deus. Assim sacerdotes e levitas eram santificados por um ritual complexo (Êxodo 29:1), como foram os hebreus nazireus (Números 6:1-21). Profetas como Eliseu (II Reis 4:9) e Jeremias (Jeremias 1:5) também foram santificados para um ministério profético especial em Israel. 
Mas o Velho Testamento também dirige atenção para os aspectos íntimos, morais e espirituais da santidade. Homens e mulheres, criados à imagem de Deus, são chamados a cultivar a santidade do caráter de Deus nas suas próprias vidas (Levítico 19:2). 
No Novo Testamento a santidade cerimonial proeminente no Pentateuco passa para um segundo plano. Muito do Judaísmo no tempo de Jesus procurava a santidade cerimonial pelas obras (Marcos 7:1-5), logo o Novo Testamento enfatiza a dimensão ética da santidade em vez da dimensão externa. (Marcos 7:6-12). 
Com a vinda do Espírito Santo, a igreja primitiva percebeu que a santidade da vida era uma realidade interna profunda que deveria governar as atitudes e pensamentos de um indivíduo em relação a pessoas e objetos do mundo exterior. 

SANTIDADE NO NOVO TESTAMENTO 

A palavra grega usada no Novo Testamento equivalente à hebraica para santidade significa um estado interior de liberdade de falha moral e relativa harmonia com a perfeição moral de Deus. 
A expressão "semelhança de Deus" contém o sentido da palavra original grega para santidade. Há uma outra palavra grega que descreve o conceito de santidade dominante no Velho Testamento como separação exterior do mundo e dedicação ao serviço de Deus. Porque os escritores do Novo Testamento assumiram o retrato de deidade do Velho Testamento, santidade é atribuída a Deus em poucos de seus textos. 
Jesus afirmou a natureza ética de Deus quando ensinou seus discípulos a orar que o nome do Pai deve ser honrado pelo que Ele é, "Santificado seja o o teu nome" (Mateus 6:9). 
No livro do Apocalipse a perfeição moral do Pai é descrita com a atribuição tríplice de santidade emprestada de Isaías: "Santo, Santo, Santo é o Senhor Deus Todo-Poderoso, aquele que era, que é e que há de vir." (Apocalipse 4:8). Lucas, entretanto, contemplou a santidade de Deus nos termos do conceito dominante no Velho Testamento de Sua transcendência e majestade (Lucas 1:49). 

Fonte: iLúmina

Fonte:  http://www.vivos.com.br/313.htm
 

Aspectos da conversão genuína



Se a regeneração representa o novo nascimento, no sentido de que Deus muda a disposição regente de nossa alma, renovando e transformando a nossa condição interna, atuando em nosso inconsciente para produzir uma nova vida, a conversão representa, na ordem da salvação, uma atitude consciente de mudança total de parte daquele que foi regenerado, algo como se realmente estivéssemos indo por um caminho e, mudando o sentido e direção, tomássemos outro totalmente diferente.

A conversão envolve duas atitudes fundamentais, marcas distintivas de mudança genuína: arrependimento, onde passamos a dizer não para o pecado, e fé, onde passamos a dizer sim para Cristo.

Mediante ação do Espírito Santo (Jo. 14-16), reconhecemos a nossa culpa diante de um Deus Santo e Justo, e que vivemos em pecado. Isso significa algo além de nos sentirmos envergonhados pelos nossas falhas ou erros: é deixar o orgulho de lado, e admitir que somos realmente culpados pelos nossos pecados contra o Senhor. Tristes pela nossa condição, passamos a detestar este estado pecaminoso em que nos encontramos e que nos escraviza, levando-nos a renunciar os valores e atitudes contrárias à Vontade de Deus e nos voltamos para Ele, suplicando pela Sua Misericórdia para conosco; ocorre portanto em nós uma grande mudança consciente. Uma vez verdadeiramente arrependidos, pela fé deslocamos nossa atenção de nós mesmos para Cristo, a fonte de nossa salvação e dons espirituais. Se pelo arrependimento reconhecemos a nossa culpa e que Deus é justo em Seu Juízo contra nós, pela fé em Cristo Jesus recebemos de Deus a nossa justificação.

É impossível negar que a necessidade de arrependimento e fé em Cristo são verdades bíblicas expressas tanto no Antigo quanto no Novo Testamentos (e.g., Jr. 31:19; Jl. 2:19; Mt. 3:2, 4:17, 11:21; Jo. 8:11; At. 2:38). Sendo assim, uma pregação baseada apenas em confessar a Cristo para nosso aperfeiçoamento moral, bem-estar, prosperidade e felicidade não é uma pregação genuína do Evangelho. Jesus mesmo disse em Marcos 1:15 que é preciso arrepender e crer no Evangelho. Arrepender é reconhecer a culpa pelo pecado e querer sair desta situação, enquanto que crer no Evangelho é crer na Boa Nova de que em Cristo, e somente Nele, somos perdoados dos nossos pecados contra Deus e justificados, passando assim a ter paz com Ele (Rm. 5:1) e não mais morte, mas vida eterna (Jo. 3:15,16).

Considerando que não nos tornamos automaticamente perfeitos diante de Deus, mas ainda passíveis de pecar diante Dele enquanto estivermos neste mundo, a conversão não representa um ato necessariamente isolado: ao longo de nossas vidas podemos gradativamente reconhecermos pecados e mudar nosso proceder diante de Deus, o que também representa momentos de conversão. Neste sentido, a Bíblia nos exorta que, mesmo regenerados, somos chamados para a santificação, e não acomodação; somos chamados a matar o nosso "velho homem" todos os dias (Lc. 9:23; Ef. 4:20-24). O nosso alvo é claramente definido: temos que ser perfeitos como perfeito é o Nosso Pai (Mt. 5:48), e mesmo que isso não seja possível agora, é a Vontade do Senhor que realmente andemos por esta estrada.

Sendo assim, as palavras do apóstolo Paulo em Romanos 6 são especialmente relevantes em uma época como a nossa, onde o conceito de pecado e arrependimento do pecado são tão banalizados: se somos realmente regenerados, mortos para o pecado e vivificados em Cristo, como podemos permanecer nele? Somos, em Cristo, livres do pecado, e não livres para o pecado: há uma grande diferença aí. Alguns podem até ter uma visão distorcida de que a Graça de Deus é pretexto para continuar em práticas contrárias à Sua Vontade, mas diante disso, afirmo que a verdade pura e simples é que estas pessoas precisam na realidade abrir o olho, pois estão indo, a passos largos, para o buraco.

Os crentes em Deus devem ser firmes no chamado ao arrependimento e na proclamação do Evangelho, mesmo que alguns não entendam que saber julgar e discernir os caminhos maus é uma atitude que revela sabedoria, e não "falta de amor" ou preconceito.

O cristão e a TV



A biblia nos adverte sempre pra não poluirmos nossas mentes, dar conselhos sobre como educar filhos entre outras coisas. Acompanhe a leitura deste artigo e reflita sobre o mal que a televissão vem causando na vida das pessoas. Após a leitura você mudará seu conceito sobre o hábito de assistir televissão.
Uma leitura prévia desta história inventada por mim poderá abrir melhor sua mente:
Numa encruzilhada da vida dois amigos se encontram a meia noite e bate o seguinte papo:
Péssima noite satanézio, tudo mal.
De mal a pior diabonildo, e você.
Igualmente. Quero te contar um negócio. Tive uma ‘ idéia do cão ’ que vai me promover de demônio de terreiro para chefe de legião. Agora já eram o sangue de galo e as cachaças, vou bater de caviar e uísque. Quer saber.
Já estou com inveja, mas conte.
Estive pensando e um projeto que vai acabar de uma vez por todas com a preocupação que temos de afastar os seres humanos de seu Criador, Não tem guerra, fome, peste, arma, desastre natural, nada é mais mortal do que minha invenção, vamos parar de mandar almas para o inferno a varejo, agora a onda vai ser por atacado, e praticamente sem trabalho, vamos ficar literalmente assistindo, na essência da palavra.
É mesmo? E como vai ser isso, bomba nuclear, está eu vi um já comentado, algum veneno novo, algum vírus, se for o da aids outro capeta já patenteou, a tal segunda guerra mundial já está quase em andamento, você ta falando em algo pior? Fale vai.
Que nada, a minha é pior, esta nem mesmo o ‘chefe ’ saberia projetar. Estou inventado uma tal programação de televisão, agora o projeto de satã anda, Desta vês não vai ter moleza, já sabemos que o ser humano é tendencioso pra desobedecer a Deus, isto está provado desde o jardim do édem, a maioria troca a presença D’Ele por qualquer coisa mesmo. Vícios, prostituição, mentira, macumba, festas, orgias. Não vai haver falha, os humanos otários mesmo vão ser cúmplices.
Imagine você conseguir ‘ embalar ’ tudo que não presta como: Macumba, sexo, consumo de drogas, assassinato, estrupo, feitiçaria, piadas imundas, blasfêmia, idolatria e tudo mais, nós agora não só vamos fazer eles olhar mais também vamos ensiná-los dentro de sua própria casa, a família toda, ainda bem que tem os pais babacas que não importam com seus filhos quando pequenos, assim tomaremos conta deles desde bebezinhos, o que levaríamos anos pra ensinar nos bordéis, nas más companhias de amigos, nos centros de macumba agora vai ser rapidinho. Obá. Eu não presto mesmo.
A estratégia vai ser esta: Vamos atacar por faixa etária e tipo de família, um veneno diferente para cada tipo de pessoa.
Aos bebezinhos e crianças vamos indicar os desenhos animados, já que é nesta idade que os humanos desenvolvem o conceito do que é certo e errado, em meios as desenhos vamos colocar sutilmente as pornografias, os palavrões, os gestos obsceno, as mortes dos vilões, já ate imaginei um personagem que vai cair como luva, olha o nome: pica pau, este vai detonar com as cabeças dos filhos dos bobos que forem entreguem para a gente tomar conta. Vamos desenvolver neles logo cedo o desejo de vingança, a sensualidade, o descaso pela vida. Estou pensando em treinar uma atriz pornô, ate filmes com cenas de pedofilia ela vai fazer, depois damos a ela o titulo de ‘ rainha dos baixinhos ‘, ela vai tomar conta das crianças a manhã toda. Obá vamos colocar demônios com nomes bonitos tais como fada, guinômo, cinderela. Vamos atacar o bem pela raiz, destruímos o temor a Deus nos corações dele quando eles ainda forem crianças.
Certo, mas se nem todos os pais forem otários ao ponto de deixar uma TV tomar conta dos filhos? Não vai atingir a raça toda.
E você acha que não pensei nisto, depois da fase de criança vem a adolescência, pego de cheio nesta fase os que não forem domesticados na infância, já que eles mesmos falam que nesta idade os jovens são rebeldes. Não vai ter erro, vamos colocar pessoas bonitas e sensuais fazendo coisas ruins, assim a maioria deles imitam, já pensou quase uma geração de jovens usando drogas, bebendo, prostituindo, abortando, mentido para os pais, a gente cria o modelo e eles copiam. Lá no Brasil vamos criar uma filial do inferno e vamos denominar ela de Rede Globo, depois vem as outras, record, sbt, redetv, vamos colocar uma porcaria de nome malhação que será interminável, Vai atingir um público excelente por conta do horário.
E os adultos, estes não tem Jeito. Já aprenderam tudo que tinham de aprender.
Que nada, devagarzinho a gente ganha eles também, as novelas, os filmes, os jornais que só vai mostrar o que a gente querer, o futebol, este sim, de minuto em minuto o locutor vai falar um nome de uma cerveja e no intervalo a gente aproveita pra mostrar umas pornografias, é só colocar uma modelo mais jeitosa que as esposas dos otários que vão assistir, eles vão começar a desejar mais as modelos que as próprias esposas, vai ser um adultério coletivo, já que está escrito que se olhar pra uma mulher com desejo impuro já adulterou.
Mas o golpe de misericórdia mesmo vai ser as tais novelas, Vamos contratar um monte de pervertidos e doidos por dinheiro, vamos denominá-los de atores e vamos fazer uma trama de tal forma que logo após alguns dias todos que assistirem vão querer copiar e achar que tudo é normal. Vão andar seminus e achar que é normal, fumar, dirigir alcoolizado, matar, adulterar, prostituir, assaltar, abortar, mentir, pois é, imagine um casal trocar a companhia um do outro por um aparelho absurdo, ainda bem que eles ’ comem ‘ qualquer imundície. São idiotas mesmos, a tal família que Deus instituiu desta vez acaba.
Depois que este projeto for implantado vão disparar o índice de divórcios, de crimes, de consumo de drogas, de estrupo, de prisões, de assassinatos, de idolatrias, ta ai uma coisa que vai valer o esforço, os crentes vão deixar de ir aos cultos pra ver Tv.
Rapaz, tu não presta mesmo. Nossa. Eu que sou craque em destruir famílias com sexo, drogas, jogatinas, orgias e mais um monte de coisas me surpreendi com sua astúcia.
O melhor vem agora, já no finalzinho da Guerra, no travar da batalha final, nós vamos convencer algum bispo ganancioso a comprar uma rede de televisão com os dízimos dos fiéis. Ai os recursos que poderiam ser usado pra pregar o evangelho serão desviados pra promover a prostituição e tudo mais, ele vai querer vencer uma tal de audiência com a concorrência, aliada nossa também, ai quanto mais imundície uma colocar a outra vai querer imitar. Infalível mesmo.
Ninguém mais aqui vai falar a bobagem de matar dois coelhos com uma cajadada só, a onda agora é matar um montão de crentes otários com uma novelada só.
Vamos a moral da história
Esta ‘ fábula ’ que ‘ inventei ’ e acabei de contar seria cômica se não fosse trágica, e o pior que ela retrata uma dura realidade. Eu gostaria de está contando apenas uma piada de mau gosto e recebendo um monte de ofensas, mas o que retratei aqui não passa de verdade.
Achou irônica minha linguagem, deu risadas, se identificou com alguma situação citada, pois é. Uma coisa eu te falo, os demônios fazem festa quando ficam observando as famílias se ‘ reunirem ’ pra assistir pornografias, mentiras, macumbas. Eles sentem orgulho ao ver que algo que eles criaram está tendo resultados além do esperado.
Mas minha preocupação e critica está em especial voltado para os tais ‘ crentes noveleiros ‘ os tais que se dizem crentes e que assistem as novelas. Pois esta realidade é exatamente igual a deles. Antes vamos analisar a tal programação da TV a luz da palavra de Deus, dos fatos e da razão para julgar quem está certo, eu que critico e não assisto ou os tais que além de gostar, adoram assistir, ou vai-me dizer que praticam uma coisa que não gosta. Seria sem lógica fazer o que não gosta.
Essa cena ao lado foi exibida em uma novela intitulada amor e revolução do SBT no dia 12 – 05 -2011 em horário chamado de ‘nobre’ em que quase todas as famílias do Brasil estão assistindo a televisão, trata-se de um beijo entre duas mulheres. Agora te pergunto, adianta fazer critica contra a prática lésbica e homossexual que é o que mais estes programas exibem, incentivam e ensinam se ao mesmo tempo você coloca toda sua família na frente deste lixo moral e espiritual? E eu chamo de lixo não é só esta cena, este canal ou outro tipo de programação de outros canais, quase tudo que se exibe em todos os canais e em todos os horários nada mais é do que lixo na essência da palavra.
E só falei sobre a prática lésbica e homossexual que DEUS abomina e vai punir quem não se arrepender e deixar de lado, não citei as outras como adultério, assassinato, roubo, mentira e por ai vai. E não venha me condenar dizendo que eu sei porque assisto, hoje dia 31 – 07 – 2011 faz mais de uma ano que eu simplesmente retirei não só a programação da TV mais ate o aparelho de minha casa, sei destas coisas porquê faz parte do meu trabalho pesquisar para alertar os demais que queiram ouvir, pode está a vontade pra me chamar de fanático por ter retirado a maldita televisão de meu lar, mas te garanto que DEUS tem me honrado e me recompensado e muito por esta minha atitude, tenho uma filha de 3 anos e DEUS me manda em sua palavra ensinar ela no caminho que ela deve andar e não colocar ela em frente a uma ‘janela’ que dá direto para o inferno.
Te digo mais, suas críticas a quem está no erro, suas campanhas de jejum e oração, seus sermões ouvidos e pregados sobre estas práticas de nada adiantará se você mesmo é cúmplice nos pecados deles, se você assiste e coloca sua familia em frente a uma programação que mostra, incentiva e ensina o pecado você nada mais é do que um cúmplice e um participante dos mesmos. E DEUS vai te pedir conta das almas de sua família que você está preparando, enfeitando, embalando e dando de presente para o diabo. A não ser que no seu lar não tenha ninguém que tenha o mínimo de temor a DEUS e sua palavra, e porquê não dizer, um pouco de vergonha na cara.
Vamos a alguns textos bíblicos, a biblia é autoridade em qualquer assunto, a minha ou outra opinião de nada vale diante da palavra de Deus.
E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos pensamentos em Cristo Jesus. Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai. O que também aprendestes, e recebestes, e ouvistes, e viu em mim, isso praticai; e o Deus de paz será convosco.
Filipenses 4 : 7 a 9
Aqui nós podemos ver Paulo dar um conselho a igreja de Filipos. Ele citou que tipo de coisas devemos pensar e ocupar as nossas mentes. As qualidades são: verdadeiro, honesto, justo, puro, amável, de boa fama, que tenha virtude, e que possua algum louvor. As novelas e os demais programas de televisão que por si só já é mentira, nos apresentam as seguintes coisas, adultério, morte, sexo, consumo de drogas, mentiras, macumbas, idolatrias entre outras coisas do gênero. Agora eu te pergunto. Adultério, morte, mentira e macumba e coisa justa, pura, honesta, amável, tem algum louvor ou alguma virtude? Creio eu que não. Se a palavra de Deus manda ocuparmos nossa mente, pensar neste caso é ocupar a mente. Na verdade o coração está cheio do que os olhos e os ouvidos ‘ comem ’.
Cumpre-se as palavras de Jesus também em nossos dias que estão em Marcos 7 : 6.
Respondeu-lhes: Bem profetizou Isaías acerca de vós, hipócritas, como está escrito: Este povo honra-me com os lábios, mas o seu coração está longe de mim.
Paulo dá algumas instruções sobre o nosso procedimento diário em forma de conselhos, destaquei alguns e vamos analisar:
Portanto digo isto, e testifico no Senhor, para que não mais andeis como andam os gentios, na verdade da sua mente, entenebrecidos no entendimento, separados da vida de Deus pela ignorância que há neles, pela dureza do seu coração; os quais, tendo-se tornado insensíveis, entregaram-se à lascívia para cometerem com avidez toda sorte de impureza. Mas vós não aprendestes assim a Cristo. se é que o ouvistes, e nele fostes instruídos, conforme é a verdade em Jesus, a despojar-vos, quanto ao procedimento anterior, do velho homem, que se corrompe pelas concupiscências do engano; a vos renovar no espírito da vossa mente; e a vos revestir do novo homem, que segundo Deus foi criado em verdadeira justiça e santidade. Pelo que deixai a mentira, e falai a verdade cada um com o seu próximo, pois somos membros uns dos outros. Irai-vos, e não pequeis; não se ponha o sol sobre a vossa ira; nem deis lugar ao Diabo. Aquele que furtava, não furte mais; antes trabalhe, fazendo com as mãos o que é bom, para que tenha o que repartir com o que tem necessidade. Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas ó a que seja boa para a necessária edificação, a fim de que ministre graça aos que a ouvem. E não entristeçais o Espírito Santo de Deus, no qual fostes selados para o dia da redenção. Toda a amargura, e cólera, e ira, e gritaria, e blasfêmia sejam tiradas dentre vós, bem como toda a malícia. Antes sede bondosos uns para com os outros, compassivos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou em Cristo.
Efésios 4: 17 a 32.
Quero salientar que no verso 17 tem uma expressão que se referem aos não crentes. ‘ verdade de sua mente ’. Percebe-se ai que a mentira na mente das pessoas que não servem a Deus é como uma ‘ verdade ’. Tanto é que ele escreveu, não andeis na verdade dos gentios, percebe se então que temos ‘ outro tipo de verdade ’ no mundo que não é Jesus, se fosse Cristo Paulo não mandaria nos afastar dela. Portanto tenham cuidado com o que anda ocupando suas cabeças.
Ele manda despojar do procedimento anterior, renovar o espírito, deixar a mentira e resistir ao diabo. Pergunta quem anda ‘ curtindo ’ adultérios, mortes e outras coisas pra ocupar a mente acaso esta despojando do velho homem, renovando o espírito, estaria deixando a mentira e resistindo ao diabo?
Ele pede pra não entristecer o Espírito Santo. Pergunta: Colocar toda sua família na frente de uma programação imunda que não vou mais comentar deixa o coração de Deus alegre?
Outra. Seja tirada do meio de vós toda malicia. Precisa perguntar?
Eu poderia citar de Gênesis 1 : 1 a Apocalipse 22 : 21 e em quase todos os capítulos eu encontraria motivos pra não se colocar diante dos olhos coisas que não agradam a Deus, mas vou contar um fato que se os senhores não entender o porque de eu abominar a programação demoníaca da televisão, os senhores não serão convencidos de nenhuma forma a deixar este ‘ vicio ’ que é pior que qualquer tipo de droga.
Há muitos anos atrás quando existiam em cidades pequenas os chamados cinemas e que os cartazes dos filmes eram espalhados pelas cidades, eu que era garoto, gostava de ficar olhando para eles, pois eram novidades, um dia uns cartazes diferentes chamou-me a atenção, tratava de um cartaz de um filme brasileiro que segundo o enredo, contava a história de uma prostituta e suas aventuras, pois bem, alguém pode me perguntar o que isso tem a ver com a televisão. Vou tentar explicar.
No cartaz principal do filme, que era o maior que ficava exposto, a atriz estava travestida de Jesus em uma cruz, Ela seminua, com uma coroa de espinhos, cravos nas mãos, ensangüentada com quase todo seu corpo exposto. Zombando de Jesus na hora mais difícil por sua passagem como homem aqui na terra.
Esta atriz atua ate hoje em novelas da maldita globo e tem muitos ‘ crentes ‘ que ainda se espelham nela na maneira de vestir entre outras coisas. Eu não digo só dela, pois todos estes atores não zombam de forma descarada como ela fez, mas de alguma forma ensinam coisas contrárias a palavra de Deus e Deus é zeloso com sua palavra.
Dias atrás me lembrei deste fato e pesquisei, fiquei sabendo que a cena que era retratada no cartaz sequer tem no filme, como é de costume, pega se uma cena importante do enredo do filme e coloca no cartaz principal. Ai então percebi que a única intenção do autor e dos autores em fazer tal cartaz era simplesmente zombar daqu’Ele que um dia abandonou sua Glória e veio a este mundo maldito sofrer e morrer por mim e por você. Senti como se eu fosse o mais miserável dos homens ao saber que por toda minha vida havia perdido meu tempo assistindo pessoas que zombam de Deus na mais dura cara de pau, hoje percebo que pior que os demônios que zombam de Deus são as pessoas que assistem eles enquanto fazem isto.
E se você for um dos que dizem que Jesus só quer o coração, então continue usando seus outros sentidos a serviço do diabo, mas te digo uma coisa, os seus olhos e ouvidos são as portas de entrada para o que vai ate seu coração, o que você acha que vai ter em seu coração se seus olhos e ouvidos se alimentam de sexo, mortes, mentiras, feitiçarias, zombarias ……………. ?
Agora se você que está lendo estas palavras for homem, imagine ser retratado com todo desprezo como se fosse uma prostituta. Se você não gostaria, por acaso você acha que Deus sim? Digo-te uma coisa, quase todos os atores de novelas e quase todas as pessoas que são envolvidas coma produção de programas de TV são simplesmente servos de satanáz. Não há necessidade de ninguém me falar isso, o próprio Espírito Santo de Deus sempre falou em meu coração e eu sempre tinha sido rebelde, Mas agora que entendo que existe uma batalha por cada alma no mundo, inclusive a minha, eu tomei partido do lado de Jesus Cristo, e de forma nenhuma vou dar munição para o inimigo, meu General que é Jesus não aprovaria.
Você que diz que não serve ao diabo, mas passa a maior parte de seu tempo adorando pessoas que são assumidamente servos do mal, acha que está agradando a Deus? Pois bem, você que é crente e perde seu tempo em frente a TV só serve a Deus de boca mesmo, e olhe lá. E a eternidade te dirá se eu estou mentindo, eu no seu lugar faria uma análise se realmente vale a pena ocupar seus sentidos e seu coração com tanta mentira que é exposta na TV. Falar em mentira, acho engraçado como tem pessoas que sabe tudo sobre ‘ fulano ou fulana ’ da novela e não sabe nada sobre seus filhos, maridos ou esposas, é sinal que a vida destes personagens tem mais lugar no coração dos tais Do que a própria família.
Eu poderia ficar dias tentando mostrar que não se agrada a Deus pondo diante dos olhos aparências do mal, mas se não entende e não aceita isso é um forte sinal que sua mente já está cauterizando. Cuidado, peça orientação ao Espírito Santo.
Apesar de eu ter usado em algum momento linguagem ou expressões que não te agradou não cabe um pedido de desculpas. Prefiro me despedir de você usando as palavras de Paulo em Gálatas 4:16:
Tornei-me acaso vosso inimigo, porque vos disse a verdade?
Que o Senhor Jesus Cristo nos conceda sabedoria, temor e tremor d’Ele e de sua palavra.
Edigar Caíres Lima
Link para artigo no site de origem : http://www.edigarcaires.com.br/o_cristao_e_a_tv.php

SEJAM BEM VINDOS!

"A todos que passarem por essa página, desejo que Deus os abençoem e que traga a todos um raio de esperança e fé.