quarta-feira, 14 de outubro de 2015

Eduardo Cunha negocia com PT para barrar pedido de cassação feito pelo PSOL

O Presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) durante sua chegada em seu gabinete na Câmara (Foto: Aílton de Freitas / Ag. O Globo)
Acusado de ter contas na Suíça com US$ 5 milhões, sem tê-las declarado à Justiça Eleitoral brasileira, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), presidente da Câmara, negocia com o PT para barrar o pedido de cassação de seu mandato feito pelo PSOL. O peemedebista, segundo aFolha de S. Paulo, oferece aos petistas não dar o pontapé inicial no processo de impeachment de Dilma Rousseff. Em troca, quer apoio na Câmara e pede a saída de José Eduardo Cardozo (PT) da Justiça.
O Conselho de Ética da Câmara, que analisa o pedido do PSOL para cassar Cunha, tem 21 deputados. Com nove do PMDB e sete do PT, 16 no total, o presidente acredita ter o suficiente para impedir que o processo chegue ao plenário. Se chegar, serão necessários 257 dos 512 deputados para efetuar a cassação em votação aberta, e Cunha crê que a situação sairia do controle.
Já Cardozo, ministro da Justiça, é apontado por Cunha como responsável por vazar informações sobre investigações contra ele. O presidente da Câmara quer que Michel Temer (PMDB-SP), atual vice-presidente, assuma a Justiça, mas Dilma Rousseff resiste em aceitar.
RCN
Fonte: http://epoca.globo.com/tempo/filtro/noticia/2015/10/eduardo-cunha-negocia-com-pt-para-barrar-pedido-de-cassacao-feito-pelo-psol.html

Nenhum comentário:

SEJAM BEM VINDOS!

"A todos que passarem por essa página, desejo que Deus os abençoem e que traga a todos um raio de esperança e fé.