terça-feira, 5 de outubro de 2010

Banana e seus benefícios para saúde

Banana, alimento para os músculos, inclusive coração
   

A inclusão da banana, rica em potássio, na dieta habitual dos adultos e idosos está sendo recomendada pelos especialistas, depois de estudos acentuarem a importância do mineral para a função muscular adequada, inclusive o coração.

Uma banana média, de 115g, fornece um terço das necessidades diárias recomendadas de potássio. Cada banana contém cerca de 100 calorias, principalmente sob a forma de frutose e amido, que o corpo converte em energia.

É, por isso, um dos alimentos favoritos dos atletas, que a consideram um anabolizante natural.

Mas a preferência dos atletas tem também uma outra razão: as cãibras, dolorosas contrações espasmódicas dos músculos.
Segundo o dr. João Olyntho, do Comitê Olímpico Brasileiro, a banana por ter grandes quantidades de potássio alivia as cãibras e, por isso, a recomenda aos esportistas.
A composição da dieta do brasileiro piorou na última década, alertam especialistas. De 1988 para cá, o consumo de gorduras aumentou, enquanto o de verduras e frutas ficou estável ou diminuiu mais ainda em diversas regiões do país.
"A maioria das pessoas, incluindo os idosos, não tem muita vontade de comer esses alimentos", disse a nutricionista Ileana Mourão Kazapi, professora da Universidade Federal de Santa Catarina, em Florianópolis.  
Hipertensão
Os pacientes que usam diuréticos para combater a pressão alta geralmente são aconselhados a comer de duas ou três bananas por dia, para ajudar a repor o potássio eliminado na urina.
Em termos de fruta como fonte de potássio, a banana só é superada pelo abacate, que tem o inconveniente de ser rico em gordura.
A inclusão da banana na dieta habitual reduz o risco de derrame e doenças relacionadas à pressão sangüínea.
Essa afirmação poderá até constar do rótulo da fruta nos Estados Unidos, depois que as autoridades normativas de drogas e alimentos aprovaram os estudos apontando os benefícios da banana.
"Dietas contendo alimentos que representam boas fontes de potássio e pobres em sódio podem reduzir os riscos relacionados à pressão sangüínea e de derrame," diz o rótulo. "Agora podemos confirmar que há uma correlação direta de saúde entre o consumo de banana, e ingestão de potássio e pressão sangüínea baixa," declarou Tim Debus, vice-presidente da International Banana Association, citado pela agência de notícias Reuters.
Um estudo endossado pela Sociedade Americana de Hipertensão comparou os efeitos anti-hipertensivos de uma dieta com redução de sódio e outra denominada DASH, Dietary Approaches to Stop Hypertension, baixa em gorduras e rica em frutas, vegetais, fibras e minerais, como cálcio, potássio e magnésio.
O segredo para ter uma pressão estabilizada não é somente limitar o sal, concluiu. Na reunião da sociedade, no ano passado, uma das novidades apresentadas foi a importância do consumo de potássio.
"Esse sal mineral protege contra o aumento da pressão e o acidente vascular cerebral", afirmou Carlos Galarza, da Unidade de Hipertensão Arterial do Hospital Italiano de Buenos Aires e co-diretor do curso da Universidade de Buenos Aires sobre hipertensão arterial e doenças de risco cardiovascular.
"O que determina o nível de pressão não é a quantidade de sódio isoladamente, mas a relação potássio/sódio, que deveria ser de 1 para 1,5 e é de 0,3 para 1", diz Galarza.
A banana é também boa fonte de vitamina B6, com pelo menos 10 por cento da dose recomendada de vitamina C e folato. Além disso, fornece 2g de fibra solúvel, que ajuda a diminuir o nível de colesterol no sangue.

Nenhum comentário:

SEJAM BEM VINDOS!

"A todos que passarem por essa página, desejo que Deus os abençoem e que traga a todos um raio de esperança e fé.