quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Benefícios da prática correta do Karate




KARATE NI SENTE NASHI – 


空手に先手無

(No Karate não existe primeiro ataque)

O que é Karate?

Karate é uma palavra japonesa que significa "mãos vazias". Isto porque um Karateka (praticante de Karate) utiliza, durante sua prática suas armas naturais, como: visão, mãos, braços, corpo, pés, e cérebro.
É uma arte altamente científica, que faz o mais eficaz uso de todas as partes do corpo com finalidades defensivas. O objetivo maior do Karate é o aperfeiçoamento do caráter de seus praticantes, disciplinando o corpo e a mente através de treinos árduos. 
Além de ser um excelente meio de defesa pessoal, o Karate constitui uma forma ideal de exercício. Desenvolve a força, a velocidade, a coordenação e o reflexo, e é indicado para efeitos de valor terapêutico

As origens do Karate 

O combate desarmado nasceu desde muito antes do que a própria história que se tenha conhecimento, por isso as origens mais antigas da arte são pouco definidas, escondidas frequentemente no folclore de uma variedade de culturas de todo o mundo. Várias formas de combate desarmado foram praticadas na Índia, na China, Formosa e Okinawa, ao sul do Japão. Em Okinawa, a luta de "mãos vazias", em um certo momento, era praticada em segredo por causa da influência dos senhores feudais japoneses que tinham conquistado a ilha, e por isso, proibiam que seus subordinados utilizassem armas. Este ato de proibição das armas fez com que muitos dos povos começassem a praticar formas de combate desarmado em segredo. A partir daí, nascia a arte marcial Karate. 


O Karate Moderno 
O Karate moderno data do tempo em que o mestre Gichin Funakoshi (então cabeça da Sociedade das Artes Marciais de Okinawa) foi solicitado em Maio 1922 pelo Ministério da Educação do Japão para ministrar aulas de Karate em Tóquio. A nova e entusiástica arte foi recebida e introduzida em várias universidades, o que fez com que nascesse a raiz e começasse a florescer o Karate Moderno. 
Por ter sido praticado secretamente no passado, o Karate formou um grande número de estilos (ou escolas) diferentes. Hoje há numerosos estilos no Japão e em todo o mundo, porém os mais influentes são: o Shotokan, o Goju-Ryu, o Shito-Ryu e o Wado-Ryu. A maioria dos principais estilos tem suas matrizes no Japão e filiais em outros países. 
O Karate como desporto 
O Karate praticado nas competições desportivas constitui num jogo de reflexos que exige sincronismo, velocidade, técnica, estratégia, espírito desportivo e um controle admirável. Durante a competição, tudo se funde e embora demonstre golpes fortemente desferidos, estes devem ser, segundo as regras, justos e principalmente controlados.
 Sendo muito emocionantes e para prestar-se atenção, as competições de Karate são consideradas pela maioria dos mestres como uma "obra a ser lapidada e não um objetivo final no desenvolvimento do Karateka".
O Karate espalhou-se por todo o mundo rapidamente, não somente entre a geração mais nova, constatado um crescente interesse das crianças, como um desporto, mas tornou-se também um meio popular de exercício para que homens e mulheres de meia-idade mantenham a forma e a saúde física e mental.

 
Benefícios da prática correta do Karate 
Muitos são os benefícios que podem ser obtidos através da prática correcta do Karate-Do, e aqui passamos a enumerar alguns deles:
Manutenção da saúde e fortalecimento do físico. 
Estímulo à coragem para enfrentar obstáculos. 
Respeito aos outros, bons costumes em relação ao meio ambiente, equilíbrio, boa postura e respiração correta, que são estimulados pelos rituais tradicionais. 
Incentivo ao aperfeiçoamento pessoal no sentido de tentar vencer os próprios limites, como os do medo, da desconfiança, da preguiça, da indecisão, etc. 
Empenho e dedicação, exigindo o máximo do corpo e da mente, treinando com paciência e perseverança até fazer desses objetivos um hábito. 
Estabilidade emocional. A situação de luta colabora eficazmente para sua conquista. Qualquer descontrole de emoções têm imediata repercussão no rendimento e na performance. Por isso é preciso dedicar-se com empenho, para conseguir a necessária serenidade
As competições 





As competições de Karate dividem-se em duas modalidades: Kumite e Kata. Estes são como dois lados de uma moeda.
 Kata é uma série sistematicamente organizada de técnicas ofensivas e defensivas, executadas em uma sequência. Nesta forma de competição, o oponente existe somente na visualização mental do concorrente.
No Kumite, dois oponentes enfrentam-se em uma luta. Cada um deve atacar e defender, tentando marcar pontos por meio de golpes apropriadamente colocados, num princípio onde se golpeia e retrocede. Desta forma, o Kumite pode ser considerado como uma aplicação dos fundamentos do Kata. Ambas modalidades podem ser competidas individualmente e em equipe.

 
Os KATAS 


Constituem as técnicas fundamentais do Karate - defesas, golpes e esquivas são combinadas de uma maneira lógica no Kata.


A competição de Kata pode ser por equipe e/ou individual. Os campeonatos por equipes consistem em competições entre equipes com 3 pessoas. Cada equipe é exclusivamente formada por atletas masculinos, ou exclusivamente femininos.
O campeonato individual do Kata consiste no desempenho individual, divididos em categorias masculinas e femininas separadas. Os competidores deverão executar Katas
 obrigatórios ("SHITEI") e de livre selecção ("TOKUI") durante a competição, de acordo com os estilos de Karate reconhecidos pelo WKF, baseados nas linhas de Goju-Ryu, Shito-Ryu, Shotokan e Wado-Ryu.

O KUMITE 


Não constitui nenhuma pré-combinação de técnicas e são permitidos aos competidores fazer livremente uso de suas potências mentais, emocionais, físicas e técnicas.
 Entretanto, os oponentes devem controlar estritamente seus golpes, golpeando e retrocedendo. A luta começa quando o árbitro central dá o sinal de início e para cada vez que o mesmo diga "YAME".

Há um número de divisões de peso na disputa da categoria KUMITE individual. O campeonato por equipe consiste em uma competição entre equipes com cinco pessoas ou conforme o regulamento, sempre em números ímpares. O resultado do combate é determinado pela obtenção de uma clara vantagem de oito pontos sobre o oponente, ou o que no final do combate, tenha obtido um maior número de pontos.



6 comentários:

Cigana do Oriente disse...

Amigo Dinei, adorei saber sobre o Karatê, eu sou suspeita pra falar, porque essa arte sempre me fascinou desde criança, mas não tive oportunidade de aprendê-la.
Gostei de saber que tem pessoas de idade que podem praticar, pelo menos para se equilibrar mentalmente, emocionalmente e também fisicamente
Parabéns pela matéria, beijos em seu coração!

Marilu disse...

Querido amigo, aprendi muito com o seu texto sobre essa arte tão fantástica...Beijocas

DINEI FAVERSANI disse...

Amiga Isa, fico feliz que você apreciou o texto sobre karatê. É o meu esporte preferido desde os meus 18 anos de idade, portanto, faz algum tempinho, rss. Beijos em teu coração. A LUZ DE DEUS NUNCA FALHA!

DINEI FAVERSANI disse...

Amiga Marilu, que bom que você pode aprender um pouco sobre karatê. O karatê é uma arte, e busca o aperfeiçoamento do caráter, através da lapidação do corpo e espírito, visando sempre a disciplina e o respeito ao próximo, e principalmente contribui para que o karate-ka, contenha o espírito de agressão. Grato por sua amizade e carinho.Beijos em teu coração. A LUZ DE DEUS NUNCA FALHA!

Luciano Bertoldi disse...

Dinei gostei mto de sua postagem sobre o Karate! Estou tentando entrar numa academia a 5 minutos de minha casa,mas ainda me faltou empenho acho que porque tenho 34 anos acho que meu tempo para iniciar este esporte nao esta dentro.Cheguei a comprar meu kimono para ate engraçado e nao fui praticar,acabei fazendo musculaçao , mas sei que nao é o que eu realmente quero,pois sempre apreciei artes marciais mas nunca pude praticar.Moro na Italia aqui tem otimos professores para o Karate.O que vc poderia me aconselhar? Que Deus Te abençoe um abraçao.

DINEI FAVERSANI disse...

Oi Luciano, grato pela visita e consideração. Você disse que tem 34 anos, portanto, caso opte pelo início da prática do Karate, está em uma ótima idade, pois, além do karate, pratico também basquete, pratica essa que iniciei aos 47 anos e atualmente jogo com companheiros que tem entre 17 a 35 anos, portanto, idade não é obstáculo. Estou com 51 anos de idade, e tem amigos com 65 anos que praticam o karate, e muito bem. Dependendo de sua dedicação, quando estiver com a minha idade já poderá ser um faixa preta, só depende de você. Espero que a admiração que você tem das artes marciais o levam a praticá-la. Abraços e a LUZ DE DEUS NUNCA FALHA!

SEJAM BEM VINDOS!

"A todos que passarem por essa página, desejo que Deus os abençoem e que traga a todos um raio de esperança e fé.